EXAMES

Fazer os exames oftalmológicos regularmente é muito importante. Cobre o seu médico, se necessário.

Clique aqui e teste a sua visão on-line

Saiba mais sobre o glaucoma

Glaucoma - Prevenir é o melhor remédio

 Quem tem

Os termos visão subnormal, baixa visão, visão residual e outros, referem-se a uma redução da acuidade visual central ou a uma perda subtotal do campo visual, devida a um processo patológico ocular ou cerebral. O Glaucoma, como vimos, é um dos maiores causadores da perda de visão.

Assim, a pessoa com déficiência visual é entendida como aquela que sofre de uma alteração permanente nos olhos ou nas vias de condução do impulso visual. Isto causa uma diminuição da capacidade de visão que constitui um obstáculo para o seu desenvolvimento normal, necessitando por isso de uma atenção particular para as suas necessidades especiais.

A OMS considera que existe deficiência visual quando a acuidade visual de ambos os olhos, com correção, é menor ou igual a 3/10 e um campo visual igual ou menor a 10 graus, sendo que pode-se considerar com baixa visão todos aqueles que tiverem nessa faixa e é potencialmente capaz de usar a visão para o planejamento e/ou execução de uma tarefa. Sendo que é considerado cego, aquele que não possui nenhuma resposta visual.

Tipos de perdas de visão

Pessoas com visão subnormal são aquelas que mesmo usando óculos comuns ou lentes de contato ou implantes de lentes intra-oculares, não conseguem ter uma visão nítida. Essa situação não deve ser confundida com cegueira. As pessoas com visão subnormal ainda possuem visão útil que pode ser melhorada com algum tipo de auxílio óptico ou não óptico. Segundo a estimativa da OMS cerca de 70% das pessoas consideradas cegas ainda possuem alguma visão residual aproveitável e passível de treinamento.

Embora a redução da visão central seja a mais comum, a visão subnormal pode resultar da diminuição do campo visual periférico, redução ou perda da visão de cores ou da dificuldade do olho se ajustar a diferentes intensidades de iluminação ou diminuição da sensibilidade ao contraste. Tipos diferentes de visão subnormal requerem diferentes maneiras de assistência, por exemplo, pessoas nascidas com visão subnormal têm diferentes necessidades daquelas que ficaram nessa condição já na idade adulta.

Estatísticas

O índice de cegueira total nas populações vai de 0,3% a 1,5%, sendo que o índice de pessoas com baixa visão se considera de 2 a 7% da população total. Portanto, para cada pessoa cega existem 4 com visão subnormal.

Segundo a OMS, mais de 180 milhões de pessoas no mundo têm deficiência visual. Dessas, 45 milhões são cegas e 135 milhões têm baixa visão.

Os resultados do Censo 2000 mostram que, aproximadamente, 24,6 milhões de pessoas, ou 14,5% da população total, apresentaram algum tipo de deficiência. Dentre esses, 16,6 milhões de pessoas com algum grau de deficiência visual, onde quase 150 mil se declararam cegos.

  • Ir para a próxima página (Recursos)
  • Ir para o menu de navegação
  • Ir para a página anterior (Campo visual)

Copyright 2007 VEJAM.COM.BR vejam@vejam.com.br

Desenvolvido por VIRTUAL E DIGITAL